Qual o melhor queijo para a sua pizza?


A ciência analisou, além do sabor, o teor de água e elasticidade dos queijos na pizzas.

Segundo um estudo divulgado pelo instituto americano ECD Food Service, cerca de 1,5 milhão de pizzas são consumidas diariamente no Brasil, o que coloca o País no segundo lugar do ranking dos que mais consomem a massa, atrás apenas dos Estados Unidos – O Estado de São Paulo é responsável por devorar 800 mil, ou seja, 53% do total. Sabemos que os solteiros são os principais responsáveis pelos números.

Uma pesquisa realizada na Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, desvendou porque diferentes tipos de queijos mudam sua aparência e sabor quando estão cozidos.

Intitulada de “Quantification of Pizza Baking Properties of Different Cheeses, and Their Correlation with Cheese Functionality” (Quantificação das Propriedades em Fazer Pizzas com Diferentes Queijos e sua Correlação com suas Funcionalidades, nossa tradução livre), utilizou um sistema de visão utilizado em controles de qualidade para avaliar como reagem diferentes tipos de queijo quando vão ao forno, e o resultado diz qual é o melhor queijo para as nossas amadas, idolatradas – salve, salve – pizzas.

Os 4 tipos escolhidos variaram entre tradicionais no Brasil, mussarela e cheddar, e outros menos comuns por aqui, edam e gruyère. Mediram o teor de água e elasticidade, o veredicto foi:

  • O cheddar não é muito elástico, e por isso não forma bolhas, entretanto, carameliza muito bem, ficando boas manchas marrons.
  • Já o gruyère forma muito bem as bolhinhas, mas não carameliza, e sua gordura também faz com que a umidade do queijo evapore.
  • Edam é igual ao gruyere.
  • Com isso, a peça de queijo vencedora desse duelo saboroso foi a mussarela, que carameliza bem, forma bolhas e tem grande elasticidade.

De certa forma a gente já sabia, mas Bryony James e sua equipe queriam entender melhor a reação do queijo, para então desenvolver alternativas mais saudáveis para pizzas, sem perder a qualidade e o sabor dessa delícia. No vídeo abaixo ela explica tudo (em inglês).

Fonte: sossolteiros.bol.uol.com.br